Mamoplastia de Aumento

O implante mamário, mais conhecido como cirurgia de prótese de mama, é um dos procedimentos da cirurgia estética mais realizados em todo mundo. O objetivo é o aumento do volume dos seios através de implante de prótese de silicone ou salina. As mulheres buscam esta cirurgia por diversos motivos: seios pequenos, desproporcionais em relação ao corpo, caídos, assimétricos ou para reconstrução por motivo de doença ou acidente.

Segundo o Dr. Luiz Eduardo Ematne, este é o procedimento mais gratificante para o cirurgião, pois é possível notar a transformação da paciente, geralmente mais tímida, em uma mulher mais confiante e comunicativa.

Existem vários tipos de modelos de próteses. A escolha será feita no consultório médico em conjunto com o cirurgião plástico. As próteses podem variar de perfil, tamanho, conteúdo e envoltório. O perfil pode ser redondo (baixo, moderado, alto) ou anatômico (em forma de gota), o conteúdo pode ser de silicone ou soro fisiológico (prótese salina) e o envoltório pode ser liso ou texturizado.

A prótese pode ser introduzida por três diferentes locais: pelo sulco submamário, axila e pelo mamilo (peri-areolar). A área mais utilizada é a região peri-areolar, em que as cicatrizes são quase imperceptíveis. No entanto, para as pacientes que não aceitam cicatriz nas mamas, é possível optar pela colocação da prótese através da axila.

É necessário sempre explicar ao paciente os diversos tipos de prótese, materiais e tamanhos, para preservar os limites corporais de cada paciente e evitar complicações ou insatisfações pós-operatórias.

O pós-operatório costuma ser tranquilo e pouco doloroso. Deve-se evitar esforços com o braço durante um mês.